26 março, 2007

Maldito dente

Agora que estou um pouco melhor quero agradecer a todos as simpáticas palavras e os conselhos que me deram neste fim-de-semana, em que estive com um tremendo abcesso enorme, má disposição, arrepios de frio, dores de cabeça e uma incapacidade quase total para estar em frente do computador. Estive por isso mais ausente, não visitei os amigos nem respondi a comentários. Embora ainda não me sinta totalmente recuperado, e já viva com o fantasma aterrador de uma visita ao dentista que se aproxima, quero deixar aqui um grande obrigado a todos.

6 comentários:

sa morais disse...

Eu estive lá no sábado e agora volto na quarta... Ontem um dente rachou-se... Enfim, porque raio não somos como os tubarões? ( Porque assim não haviam dentistas - respondeu-me o meu... )

Ugh!

As melhoras!
Abraço!

Esteva disse...

Que péssima ideia, essa de ter dor de dentes, é o que me digo sempre que as tenho. Odeio-as, são chatas e insuportáveis. Compreendo o teu sofriemnto e garanto-te que: mais vale um dentista no dente do que uma dor.

As melhoras e um beijinho do outro lado da cara :)

tb disse...

Ora essa escrevi e o comentário desapareceu.
As melhoras dessa coisa horrível. Deixo u mdia de vir aqui e pumba, apareces logo com coisas dessas... :)
Beijinhos e trata-te depressa!

Outsider disse...

Rápidas melhoras meu amigo. Compreendo bem esse medo do dentista, mas se pensarmos bem, mais vale uma hora de sofrimento na cadeira do que várias horas de dor num dente...
Um grande Abraço!

cris disse...

Afinal é um dente? xiça que sou mesmo lenta. As melhoras então. Mas vai a um dentista, mesmo sendo uma cambada de (digo , na digo) bem lá vou eu falar mal de alguém. Mas são careiros como o caraxas. Na posso parar a meio né?.

Carminda Pinho disse...

Perdi o medo do dentista há uns 3 anos, é que encontrei um espectacular.
Se quiseres dou-te o contacto.
Bjs e as melhoras